As Citibikes em NY e o sucesso da Soul Cycle.

Com o dólar a R$ 4, voltar cheio de compras de NY passou a ser uma grande cilada. Certo de que experiências valem mais que qualquer produto comprado, resolvi passar os dias em NY fugindo do turismo e vivendo a experiência de pedalar pela cidade.

Há 6 anos NY vem se transformando com a implantação de um sistema viário eficiente e muito bem pensado para bicicletas.

Pra se ter uma ideia do grande sucesso do projeto, neste último inverno o uso das Citibikes, aumentou 116% comparado com o mesmo período do ano passado, segundo o jornal AMNewYork.

Para quem deseja utilizar o serviço, o custo é de US$ 14,95/mês que lhe permite usufruir de corridas de até 45 mins, mas caso você queira fazer corridas avulsas, o valor é de US$ 9,95 por corridas de 30 mins, debitadas direto no cartão na própria estação das bikes. O sistema não pára de crescer e você fica até assustado com o número de estações no mapa da cidade.

BIKE2

Pedalando no escuro

Mas não só nas ruas as bikes são um sucesso. Os estúdios de spinning, captaneado pela Soul Cycle são uma verdadeira febre na cidade! Influenciado talvez pela palestra das suas fundadoras no SXSW, quis conferir de perto o porque desse tremendo sucesso.

BIKE3

Pra começar, Julie Rice e Elizabeth Cutler não tinham qualquer envolvimento com o mundo fitness. Uma era agente de talentos de Hollywood e a outra corretora de imóveis. Mas tiveram uma ideia em 2006: criar um lugar onde fosse divertido se exercitar. Teria apenas um balcão pra recepção, um corredor com lockers, uma sala cheia de bicicletas de spinning e banheiros SEM CHUVEIRO! Basicamente nascia assim a Soul Cycle.

Apenas mais uma grande novidade: ao invés de você pagar uma mensalidade, você pagaria por aula! Como se estivesse comprando ingressos online pro cinema. Com direito a escolher a filial, a hora, o professor e até a posição da sua bike na sala. Tudo muito fácil! No lugar da pipoca: toalhas e garrafinhas de água a disposição pra você.

A Soul Cycle foi pensada desde o princípio para lhe trazer prazer. Turbinada pela endorfina, aqueles 45 minutos que você vai estar lá pedalando, você também deve estar se divertindo. Se exercitar será sempre consequência disso. Talvez tenha sido este um dos grandes segredos do seu sucesso. Suas fundadoras reforçam que eles não se posicionam como uma academia de spinning, mas sim como uma experience company!

BIKE4
Soul Cycle Williamsburg no Brooklyn

Hoje a empresa conta com quase 60 estúdios espalhados por 14 regiões diferentes dos EUA e a demanda por novas unidades não só nos EUA, mas também mundo afora é maior do que a capacidade que possuem de expansão. Com isso academias nos mesmo moldes começam a surgir por aí, inclusive por aqui no Brasil.

O que também chama atenção é que os seus investimentos em publicidade ou marketing tradicional são praticamente zero. Quando abriram a sua primeira loja no Upper West Side em NY, nem letreiro tinham. Isso de alguma forma, permanece até hoje. Apostando na hospitalidade, na formação e perfil dos seus professores e principalmente na formação da sua comunidade de ciclistas que se tornam verdadeiros evangelistas da marca, a Soul Cycle, acaba juntando pessoas apaixonados pela experiência das suas aulas dadas praticamente no escuro, com música nas alturas, preparada especialmente pelo professor e incentivados por palavras de superação presente não só nas suas paredes, mas também proferidas por seus Talents, como costumam ser chamados os seus professores. Os Talents aliás se parecem e se comportam como verdadeiros popstars. Responsáveis por converter cada vez mais fãs em devotos.

Segundo Rice, mais que saber dar aulas de spinning, eles buscam pessoas que tenham a habilidade de se conectar e inspirar as pessoas, o resto segundo ela, eles ensinam. Uma prova disso é que todos os seus funcionários, assim que contratados e independentemente do cargo, passam a primeira semana de trabalhando no balcão de primeiro atendimento, onde mergulham no dia-a-dia da operação e são encorajados a resolver os problemas que surgem. Uma prova de que é preciso entender o seu público todo dia, saber do seu propósito, ter ouvidos levantados e cuidar cada vez mais dos seus pontos de contato com o cliente.

Vida longa a Soul Cycle!

BIKE5
Página de uma das instrutoras com seus gostos musicais, desejos de viagem e redes sociais — Popstars!

 

Artigo também publicado no Medium

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.