Essa balsa pode. Aliás, podia!

Balsa para eventos é proibida pela prefeitura.

No último final de semana produzi um evento numa balsa na Urca que terminou sendo impedido de acontecer em virtude de irregularidades com a documentação do local. Por distúrbios causados em eventos anteriores, a balsa foi completamente proibida de realizar eventos e consequentemente, quem fez, fez. Quem não fez, não faz mais!

Mas parece que essa ideia, principalmente para uma cidade com muito pouco espaço para bons locais de eventos, acaba de ganhar um belo reforço: inauguraria no dia 30 de janeiro (foi embargado) a Water Land Club Rio, que nada mais é que uma: BALSA! Claro que é uma bem maior e projetada especificamente para receber eventos para até 700 pessoas. O projeto fico bem interessante, mas após o grave acidente na boate em Sta Maria, não sei ainda se ela já cumprirá todas as duras exigências a partir de agora, mas a ideia é maravilhosa. Claro que o foco vão ser as famosas festas de House como as que acontecem na Praia Privê e goste ou não, promete ser um enorme sucesso.

No Rio, ela pretende ficar os primeiros 6 meses fundeada ali na altura do Porcão Rio’s, depois parte para em Búzios, Angra e Macaé. Os ingressos variam de R$ 150 a R$ 300 e mesmo em caso de chuva, pode haver o evento, graças a sua cobertura automática. Bem, é uma balsa bem mais power do que a que eu pretendia fazer o meu evento, mas não há de negar que eu tive a ideia primeiro!

Artigo publicado também no Medium

 

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.